Grupo 16019.png

Utilize o nosso FAQ e tire todas as suas dúvidas sobre a nossa plataforma de crédito, o mercado de carbono, relatório de emissões e muito mais.

Quem Somos

A Orma é uma empresa que desenvolve soluções inovadoras para a compensação de emissões de gases de efeito estufa para os mais variados tipos de usuários e projetos.

Nossa plataforma

Em 3 passos você consegue adquirir créditos de carbono de maneira simples e descomplicada em nossa plataforma.

O que é um crédito de carbono

Um crédito de carbono é um ativo financeiro gerado por projetos socioambientais, permitindo que organizações e indivíduos financiem a transição para um futuro de baixo carbono. Cada crédito de carbono representa a não-emissão de 1 tonelada de de dióxido de carbono equivalente (tCO₂e) da atmosfera. É uma forma prática e rápida de praticar ação climática consciente no curto prazo.

Como funciona a plataforma?

Para adquirir os seus créditos, é muito fácil! Você se cadastra na plataforma, informa a quantidade de créditos que gostaria de adquirir, e escolhe por meio de quais tipos de projetos gostaria de compensar. Depois de finalizar o pedido, você receberá um orçamento dos seus créditos e a descrição dos projetos para os quais estará contribuindo. E então é só finalizar a compra.

Como são definidos os preços
das cestas de créditos?

O valor das cestas depende muito do tipo de projeto. Projetos de energia renovável costumam ser mais baratos dos que o de desmatamento evitado, por exemplo. Então o fator determinante para o valor da sua cesta, será a proporção de cada projeto que estiver dentro dela.

Como escolher a porcentagem de cada projeto

A escolha dos percentuais é uma escolha particular de cada usuário, conforme os tipos de iniciativa que gostaria de fomentar e o preço que está disposto a pagar. Se você está na dúvida, nós também oferecemos a opção das nossas cestas recomendadas, que são as mais vendidas pela Orma.

Diferenças do mercado voluntário e do mercado regulado

No mercado regulado, os países e governos chancelam determinados projetos para se aproximarem das metas definidas no Protocolo de Kyoto. As empresas recebem diferentes tipos de incentivos para reduzirem suas emissões, dependendo da orientação do governo. Nesse caso, quem certifica o seu crédito de carbono é a Organização Mundial das Nações Unidas – ONU.

 

No mercado voluntário as empresas trabalham para reduzir suas emissões, seja por questões operacionais, reputacionais ou propósito. Essas reduções também são certificadas por organizações internacionais, chamadas de “standards”, capacitadas tecnicamente para atestar o impacto dos projetos e certificá-los. Muitas vezes os standards também desenvolvem os projetos por conta própria, colocando mais créditos no mercado.